Relaxamento para crianças: Jogo dos Balões

Por Fernanda Farinelli

 

Sabe quando percebemos que nossos filhos estão ansiosos, preocupados com alguma coisa? Pois o jogo dos balões é uma opção excelente para ensinarmos técnicas simples de relaxamento aos pequenos. Com esse jogo educativo, é possível trabalhar a inteligência emocional da criança por meio da respiração lenta e profunda. Além disso, de forma lúdica e induzir as crianças a expressarem verbalmente suas angústias do dia a dia.

 

 

Misturar brincadeiras relaxantes como essa aos jogos eletrônicos que nossos filhos adoram é uma forma de diminuir a tensão diária e a ansiedade. A brincadeira desacelera o ritmo cardíaco, reduz a pressão arterial e proporciona à criança a sensação de estar no controle. As ferramentas obtidas com os jogos de relaxamento serão úteis por toda a vida do seu filho!

 

 

O que gera ansiedade em crianças?

 

A ansiedade pode se manifestar desde os primeiros anos de vida da criança e está relacionada à insegurança ou a estar diante de algo que é novo em sua vida. Os sintomas podem aparecer em situações que tiram a criança da sua zona de conforto, como separação dos pais, mudança de casa ou escola, morte de um ente querido, etc.

 

Por que crianças precisam relaxar?

 

Quando a criança se sente segura, protegida e amparada, ela fica mais calma e tranquila, e é aí que o relaxamento contribui. Toda criança pode e deve conhecer práticas de relaxamento para que se familiarize com seus sentimentos e fique mais centrada em suas emoções. Assim, uma criança zangada ou frustrada aprende a se acalmar e a repensar uma situação.

 

 

Tipo de jogo: Relaxamento

O que estimula: Concentração, foco, consciência corporal e equilíbrio emocional.

Onde brincar: Em qualquer lugar.

Número de participantes: 2 ou mais.

Material necessário: Balões ou bexigas.

Idade recomendada: A partir de 5 anos.

 

Jogo dos balões – Como jogar:

 

– Pegue um balão e peça para a criança enchê-lo até estourar. Se a criança é pequena e ainda não consegue encher sozinha, você mesma pode encher, mas peça que ela fique bem atenta ao que vai acontecer.

 

– Encha um outro balão, mas dessa vez controle a respiração para que ele não estoure. Quando o balão estiver com um tamanho bom, prenda a saída de ar com os dedos e, aos poucos, vá liberando o ar de dentro.

 

– Peça que a criança feche os olhos, imagine que é um balão e que respire profundamente.

 

– Converse sobre os momentos do dia a dia em que ela se sente cheia, a ponto de estourar como o primeiro balão, e pergunte o que ela faz para se acalmar.

 

– Esclareça a ela que, quando pensamos de forma equilibrada, somos capazes de expulsar os problemas lentamente, como acontece com o segundo balão.

 

– Encha mais um balão e, e dessa vez, dê um nó para que ele não esvazie. Proponha à que criança mantenha o balão no ar, pelo maior tempo possível, por meio do sopro. Nessa etapa, também vale uma competição de quem consegue manter o balão no ar por mais tempo.

 

– Retome a conversa, questionando a criança sobre seus sentimentos e angústias enquanto mantinha o balão no ar.

 

– Use a criatividade e proponha outras etapas na brincadeira, como desenhar no balão algo que a desagrade ou que ela tenha medo, para depois estourá-lo de forma divertida. Aqui vale um abraço apertado com o balão no meio ou mesmo se sentar em cima dele!

 

VEJA TAMBÉM:

Como jogar Batalha Naval

Que tal brincar com seus filhos de Jogo dos Pontinhos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *