Relaxamento e concentração para crianças: Jogo do silêncio

Relaxamento e concentração para crianças: Jogo do silêncio

O que é o jogo do silêncio?

 

Desenvolvido no século 20 pela pedagoga italiana Maria Montessori, o jogo do silêncio estimula as crianças a permanecerem em silêncio por determinado tempo (normalmente 1 minuto), prestando atenção aos sons do ambiente ao seu redor e também àqueles produzidos pelo seu próprio corpo. Em um primeiro momento, as crianças prestarão mais atenção ao próprio corpo, sentindo e entendendo seus movimentos. Ao desenvolverem essa percepção, começarão a sentir o ambiente externo. O método ficou conhecido por valorizar a individualidade da criança e estimular suas percepções sensoriais e motoras.

 

Por que o silêncio é importante?

 

As pessoas costumam acreditar que brincadeiras saudáveis para crianças são as mais agitadas e barulhentas, mas, quando as submetemos ao silêncio, elas geralmente sentem prazer ao perceberem sons que antes não ouviam e também porque elas se sentem capazes de se controlar.

 

A percepção de tempo na criança é diferente do adulto, por isso sugerimos começar a atividade com pouco tempo de duração. Durante esse período, se conseguirem, elas podem permanecer de olhos fechados, mas também podem apreciar algum objeto do ambiente em que estejam, como uma vela, um quadro ou uma planta.

 

Atenção! O jogo do silêncio jamais deve ser usado como castigo ou como momento de reflexão sobre algo errado que a criança fez.

Quais são os benefícios do jogo do silêncio?

 

  • Ajuda a melhorar a concentração.
  • Desenvolve a disciplina interna.
  • Melhora o autocontrole.
  • Exercita a paciência.
  • Estimula a tolerância e o respeito.
  • Ajuda a criança a relaxar e faz com que ela medite, contribuindo para o desenvolvimento do pensamento crítico.
  • Aumenta a percepção auditiva.
  • Quando feito por mais de uma criança, serve para praticar o trabalho em equipe.

 

O jogo do silêncio

 

Tipo de jogo: Relaxamento.

O que estimula: Concentração, foco, disciplina, autocontrole, percepção auditiva e corporal.

Número de participantes: 1 ou mais.

Material necessário: Não há material específico, mas uma vela, um quadro ou uma planta podem compor a ambientação.

Idade recomendada: A partir de 2 anos.

 

 

 

 

Como jogar:

 

– Peça à criança que se sente, de preferência no chão, sobre um colchonete ou almofada, ou na grama. Sente-se junto com ela, mas respeite seu espaço e evite pegá-la no colo nesse momento.

– Se mais de uma criança for participar, elas devem ser orientadas a sentar em círculos.

– Explique como funciona o jogo, e destaque a necessidade da criança ficar quieta e silenciosa como uma pedra ou uma flor.

– Peça para a criança fechar os olhos. Se ela não estiver segura, permita que fique com os olhos abertos apreciando algum objeto do ambiente. Mas, na próxima vez que jogarem, estimule-a a fechar os olhos novamente.

– Para começar, 30 segundos são suficientes. Conforme forem jogando, tente um pouquinho mais de tempo em silêncio, mas não ultrapasse 1 minuto para os menores de 4 anos.

– Após o período e silêncio, sussurre o nome da criança para que ela perceba que o tempo se esgotou.

– Discutam os sons ouvidos e sentimentos vividos durante o período de silêncio. Quando houver mais de uma criança, elas farão as trocas do que vivenciaram. Elas podem também fazer registros com desenhos, massinhas, tinta, etc.

 

VEJA TAMBÉM:

Relaxamento para crianças: Jogo dos Balões

Jogos criativos: Futebol de tampinhas

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *