Queda intensa de cabelos no pós-parto? Veja o que fazer!

Alimentação e hidratação podem ajudar na saúde capilar

Você, muito provavelmente, já deve ter ouvido de alguma mulher que acabou de ganhar bebê que o cabelo dela começou a cair muito depois da gestação. A boa notícia é que depois que os fios nascerem de novo eles voltam ainda mais fortes do que eram antes. Isso acontece por causa das alterações hormonais no corpo da mamãe.

“A intensa queda de cabelos no período pós-gestação é chamada de Eflúvio Telógeno. Isso ocorre entre o terceiro e sexto mês depois do parto, porque há um aceleramento no ciclo normal de crescimento dos fios. Em alguns casos a mulher perde de 50% a 70% do volume capilar. Em compensação, a renovação acontece no mesmo prazo”, explica o dermatologista Dr. Erick Omar.

Além disso, alguns fatores internos e externos também podem explicar esse aumento na queda capilar. “Dentre os fatores internos, ou seja, da própria pessoa, destacam-se alterações nutricionais como carências alimentares, regimes prolongados e restritivos etc. Uma alimentação saudável é importante para a saúde como um todo e pode não só evitar a queda, mas também melhorar a força e a textura dos cabelos. Já entre os fatores externos estão as agressões físicas ao fio, como a exposição ao sol, poluição, o desgaste natural das lavagens e secagens dos cabelos, chapinhas, alguns alisamentos e agressões químicas como tinturas”, diz o especialista em Tricologia.

É bom lembrar que a busca por um especialista é imprescindível para o diagnóstico e tratamentos corretos, pois existem diversos fatores que podem agravar essa queda na pós-gestação. “Alterações emocionais, como ansiedade e depressão; mudanças hormonais, como doenças da tireoide; modificações genéticas, como a calvície; alterações inflamatórias como a dermatite seborreica (a famosa caspa) etc” ressalta Omar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *