Manchas na pele durante a gravidez

Saiba o que acontece e como cuidar da pele durante esse período!

A gestação é um período especial na vida da mulher, de plena sintonia entre a mãe e o bebê. Mas na nova fase, o corpo sofre uma série de transformações que podem mudar a rotina de beleza da nova mamãe. As mudanças hormonais são constantes, deixando a pele suscetível a manchas conhecidas como melasma. Isso acontece porque há um aumento na pigmentação devido à hiperfunção do melanócito, célula responsável pela produção da melanina. É isso que origina as indesejáveis manchas simétricas que variam de tonalidade, indo do marrom claro ao mais escuro ou até acinzentado.

Para evitar as manchas alguns cuidados diários são essenciais para a saúde da sua pele. “Uso de antioxidantes tópicos como a vitamina C e filtro solar com FPS de no mínimo 30, proteção contra raios uva e luz visível,  em quantidades generosas, ou seja: uma colher de chá a cada três horas.” indica a dermatologista Valéria Campos.

Dê preferência para protetores específicos para gestantes, dessa forma reduzem-se as chances de aparecerem alergias ou enjôos. “Eles devem ter alto fator, não ter perfume, não pode conter derivados de petróleo, deve ter proteção física ou cor de base contra a luz visível, que também causa as manchas do tipo melasma”, ressalta a especialista. Entre os cuidados mais indicados, procure evitar o sol e locais quentes. Caso aconteça, borrife água no rosto. E lembre-se: o uso de o filtro solar é obrigatório até em dias chuvosos.

Tratamento contra manchas

Durante a gravidez, os tipos de tratamentos permitidos pelos médicos para clarear as manchas são escassos. Então, é depois do nascimento do bebê que os cuidados com a pele ganham força. “Após o parto o tratamento é composto de cremes clareadores específicos, uso sistemático de protetores solares, muitas vezes associados à fotoprotetores orais. Podemos ainda usar alguns tipos específicos de peelings e laser, mas com o máximo cuidado para não aumentar a sensibilização da pele e piorar ainda mais a tonalidade das manchas. O filtro solar deve ser constante na vida desta paciente” alerta a médica.

O mais importante em tratamentos contra manchas é o dia a dia. “O processo educativo tem tanta importância quanto o tratamento. Se o filtro solar não for usado corretamente, são grandes as chances de repigmentação das lesões mesmo após o tratamento”, explica a dermatologista Valéria Campos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *