Jogos competitivos: Damas

Foto: Mãe com Prosa

Jogos competitivos: Damas

Por Fernanda Farinelli

 

Jogo de Damas ou simplesmente Damas. Esse jogo milenar, é perfeito para aquele dia chuvoso na praia ou para o conforto da lareira na casa de campo. Divertido e com regras relativamente simples, esse jogo atravessou gerações, hoje é possível ser encontrado em sua versão online ou em APPs para celular.

 

O jogo de Damas surgiu na Europa medieval, mas não é possível precisar local e data.

 

É um jogo que descende do Alquerque, que tem trilha e um dos movimentos é pular uma peça do adversário. Também recebeu elementos do xadrez, como o tabuleiro e a promoção de peças ao alcançar a última linha.

 

No Brasil e em Portugal a versão com 64 casas (8 por 8) é mais conhecida, mas a versão que utiliza um tabuleiro com 100 casas (10 por 10) é mundialmente mais conhecida.

 

Tipo de jogo: Competitivo

O que estimula: Atenção, estratégia, gestão de recursos

Idade recomendada: a partir de 6 anos

Onde brincar: em qualquer local plano

Número de participantes: 2 jogadores

Material necessário: tabuleiro e peças de dama (12 pretas e 12 brancas)

 

Como contribuição para o desenvolvimento cognitivo das crianças, ao jogar dama estimula-se:

– o raciocínio na busca de meios adequados para alcançar um objetivo;

– a organizar uma variedade de elementos para uma finalidade;

– a imaginar concretamente situações futuras próximas;

– a prever as prováveis consequências de atos próprios e alheios;

– a tomar decisões vinculadas à resolução de problemas.

 

Além disso, a experiência do ganhar e do perder, assim como a formação do caráter, permite o desenvolvimento de qualidades como paciência, prudência, autocontrole, perseverança e autoconfiança.

 

Regras do jogo:

 

Definições:

 

DAMA: peça coroada após parar na oitava linha do tabuleiro. A dama fica com uma peça da mesma cor em cima para representá-la;

LANCE: deslocamento de uma peça para outra casa.

CAPTURA: lance onde uma peça passa por cima de uma peça adversária que está entre a sua casa e a sua casa de destino.

TOMADA EM CADEIA: lance onde uma peça captura duas ou mais peças sucessivamente.

 

O jogo:

 

– O jogo é praticado entre dois jogadores, num tabuleiro quadrado, de 64 casas alternadamente claras e escuras, dispondo de 12 peças brancas e 12 pretas.

– Objetivo: capturar ou imobilizar as peças do adversário. Quem conseguir cercar ou capturar o inimigo ganha o jogo.

– No início da partida, as peças devem ser colocadas no tabuleiro sobre as casas escuras, da seguintes forma: nas três primeiras filas horizontais, as peças brancas; e, nas três últimas, as peças pretas.

– A peça movimenta-se na diagonal, sobre as peças escuras, para frente, e uma casa de cada vez.

– A peça que atingir a oitava casa adversária,será promovida a “dama”, peça de movimentos mais amplos que a peça simples. Para evidenciar a dama, outra peça da mesma cor é sobreposta.

– A dama movimenta-se para trás e para frente em diagonal, uma casa de cada vez, diferente das outras peças, que se movimentam apenas para frente em diagonal.

 

A captura:

 

– A captura das peças é obrigatória, ou seja, na vez de um jogador, se ele puder capturar uma peça adversária, ele deverá fazê-lo.

– Caso haja duas ou mais capturas possíveis, o jogador deve realizar o lance onde houver o maior número de capturas. Em caso de equivalência, o jogador pode escolher qual das capturas vai fazer.

– Quando uma captura é realizada, a peça deve ser removida do tabuleiro, ficando em poder do jogador que a capturou.

– Após uma captura, é possível fazer outra captura na mesma jogada, realizando uma tomada em cadeia. A peça deve fazer isso até que não seja mais possível capturar peça alguma neste lance.

 

Empate:

 

– A partir de qualquer ponto da partida, se ocorrerem vinte lances sucessivos de Damas, sem captura ou movimento de peças comuns.

– Se um jogador possuir três damas contra uma dama do outro jogador, será considerado empate se o jogador com o maior número de peças não conseguir obter vitória em vinte lances.

 

O que esperar de um bom jogador de damas:

 

1) Manter a educação esportiva em qualquer emergência;

2) Respeitar seu adversário;

3) Obedecer estritamente às regras do jogo;

4) Conservar o domínio às regras do jogo;

5) Ter calma em todos os instantes;

6) Raciocinar antes das jogadas;

7) Usar sempre o bom senso;

8) Jamais procurar desculpas à partida perdida ou empatada;

9) Cumprimentar respeitosamente o seu vencedor;

10) Saber ganhar, perder ou empatar.

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *